#livros

O Diário de Anne Frank

12:44:00

Olá leitores, espero que se encontrem bem.
No post desta quarta-feira venho partilhar convosco, a minha opinião sobre o tão conhecido "Diário de Anne Frank".


Apesar de já meio mundo o ter lido, a mim, nunca despertou muito interesse mas, rapidamente mudei de opinião quando li o livro "A Rapariga de Auschwitz" e o diário é lá mencionado.
Foi um presente de aniversário da minha cunhada mais velha e não tinha como não gostar, sendo uma coisa que queria tanto.

Escrito entre 12 de Junho de 1942 e 1 de Agosto de 1944, O Diário de Anne Frank foi publicado pela primeira vez em 1947, por iniciativa de seu pai, revelando ao mundo o dia a dia de dois longos anos de uma adolescente forçada a esconder-se, juntamente com a sua família e um grupo de outros judeus, durante a ocupação nazi da cidade de Amesterdão.
Todos os que se encontravam naquele pequeno anexo secreto acabaram por ser presos em Agosto de 1944, e em Março de 1945 Anne Frank morreu no campo de concentração de Vergen- Belsen, a escassos dois meses do final da guerra na Europa. O seu diário tornar-se-ia um dos livros de não ficção mais lidos em todo o mundo, testemunho incomparável do terror da guerra e do fulgor do espírito humano.


Assim como o título do livro diz, este é um diário, a vida de Anne e dos últimos dois anos da sua vida. É perceptível o crescimento dela ao longo dos meses que vão passando, e de como sofreu, desde que, junto com os pais, teve que deixar a sua casa e teve que ir viver durante dois anos num anexo, partilhado com mais alguns judeus.
Foram momentos muito complicados como devem calcular, e Anne morreu dois antes do final desta maldita guerra que matou milhares de pessoas.


É um livro que recomendo a lerem. 
Não foi o meu livro favorito, de todo, mas gostei de ler este diário escrito por uma menina de 14 anos em plena guerra.

E foi esta a publicação de hoje, eu espero que tenham gostado de ler a minha opinião sobre um dos livros mais conhecidos.

Também já leram o "Diário de Anne Frank"?

compras

Cor-de-Rosa, Sigma Beauty

12:10:00

Olá leitores, espero que se encontrem bem e que o vosso fim-de-semana tenha corrido bem.

No post desta segunda-feira, venho partilhar convosco a minha opinião sobre a "nova" paleta de sombras da marca "Sigma Beauty": Cor-de-Rosa


Quando vi no instagram da marca esta paleta, fiquei com os olhos a brilhar, pois ela é muito bonita, perfeita diria mesmo.
Tendo eu já uma paleta de sombras da marca, sabia que qualidade iria ser boa ou até melhor.

Esperei que a mesma tivesse disponível no site Notino, e assim que reparei que estava com um desconto, não hesitei e meti logo no carrinho de compras.

Fiz a encomenda no final do mês de Junho, mas como em Julho andei mais ocupada, não tive tanta disponibilidade para a experimentar, mas durante a semana passada fiz algumas maquilhagens com ela e já me sinto preparada para partilhar convosco a minha opinião.


Sobre o preço:
Paguei 43,60€ pela paleta, e na minha opinião está um preço aceitável.
A qualidade da paleta é muito boa, traz um pincel que é bem porreirinho, com cerdas que ajudam na elaboração da maquilhagem, contém um espelho, o que é sempre fantástico e as sombras são maravilhosas.

A sua seleção de cores é muito bonita, diria mesmo, a seleção de cores mais bonita que tenho na minha coleção de maquilhagem.
Quando experimentei pela primeira vez esta paleta pensei: "esta paleta é perfeita!".
Os tons matte esfumam que é uma maravilha e os tons com brilho são fáceis de aplicar com um pincel, não precisando assim de se recorrer ao dedo.

Ainda sobre os tons matte, estes sinto que esfarelam um pouco, nada demais, assim como noto que tem um pouco de queda, quando se está a construir uma cor na pálpebra.


Fiz esta maquilhagem para que possam ver um pouco da qualidade das sombras.
É uma maquilhagem simples, rápida de se fazer, mas que pessoalmente eu amei, pois o brilho da primeira sombra do canto superior esquerdo da paleta, dá um toque...que nem consigo transmitir por palavras.

Obviamente e perante tanto elogio, não tenho como não vos recomendar adquirirem esta "menina" não é?!

De momento está esgotada na Notino, mas se quiserem muito esta paleta peçam para serem notificados quando a mesma estiver disponível.



E foi esta a publicação de hoje, eu espero muito que tenham gostado desta minha partilha.

O que acharam desta paleta?

Toca, Restaurante e Tapas

22:12:00

Olá leitores, sejam bem-vindos ao post desta sexta-feira!
Venho partilhar convosco a minha opinião sobre o Restaurante Toca que fica em Ovar, mesmo em frente à Câmara Municipal.


Fui lá com o meu marido no passado Sábado dia 25, e foi uma experiência tão boa que tinha mesmo de partilhar convosco!

O espaço é lindo, muito bem decorado e com uma decoração única e atraente!
Quadros, utensílios típicos de cozinha pendurados pelas paredes, decoração rústica, pedra na parede e um ambiente muito íntimo e acolhedor, são estas particularidades que podem esperar para vos receber na TOCA.

O João não conseguiu tirar fotos a todos os pormenores, portanto, visitem: Praça da República nº37, Ovar, e não se irão arrepender, isso é uma garantia nossa.


Como se costuma dizer, "eu não sabia ao que ia" e o que me podia esperar, então quando fomos recebidos pelo sr. Pedro, o responsável por este acolhedor restaurante, foram-nos sugeridas Tapas.
Ora como nem eu nem o João tinhamos experiência com este tipo de prato, o João tomou a palavra e disse apenas "Surpreenda-nos!"
Para quem se esteja a perguntar sobre o que serão as tapas, consistem em aperitivos servidos em bares e restaurantes em Espanha maioritariamente, fazendo-se acompanhar por uma bebida, com álcool ou não.

No nosso caso, fomos para uma bela sangria de Vinho Branco, recomendada pelo chefe!
Que surpresa tão boa que tivemos!
A Sangria estava tão boa e fresquinha, que não deu para evitar pedir uma segunda jarra.


Começou por nos ser servido um Couvert de azeitonas com alcaparras e queijo Feta marinado. Tudo com um aspecto delicioso e um sabor ao nível.

Estava tudo muito bom e com um sabor divinal, até eu que não sou de todo apreciadora de queijo, gostei deste que me foi servido.



Após esta deliciosa entrada, chegou um belo "Twist de camarão e sweet chilli" que foi de comer e chorar por mais.
Super crocantes, e o molho foi essencial nesta mistura, para dar um toque, que  nos fizeram lembrar sushi, uma cozinha tanto adoramos.



O "Polvo Panado AÏOLI" fez-se acompanhar com o molho AÏOLI que é um molho típico na culinária francesa (interessante não é?).
Muito bons estes panados, e crocantes.
Escusado será dizer que comemos tudo e como de costume, o João comeu mais do que eu (*risos*), e como o molho era bom demais para ir para trás, teve de se aproveitar o pão para alguma coisa.


Já ouviram falar em presunto com ovos?
Decerto que já! E este posso-vos dizer...melhor dizendo, o João pode-vos dizer, pois ele ficou completamente apaixonado por este prato: "este pura e simplesmente foi a melhor versão de presunto com ovos que comi em toda a minha vida, olha-me estes pormenores, olha-me estes cogumelos e este tomate!" Palavras ditas no momento que eu vá, de laguma forma acabei por fixar, porque sim "Ovo Roto à Taco" consiste mas típicas fatias de presunto que se fazem acompanhar por batata frita artesanal com cogumelos, tomate seco e a dar o toque final, um ovo escalfado no topo, tudo isto acompanhado por um tempero à Toca.


Uma nova iguaria chega à mesa e este deixou-nos bem na dúvida do que seria, mas tinha um aspecto tão bom! Posteriormente questionei o que era e foi-me dito: "Carpaccio de Novilho".
Nunca tinha provado nada do gênero, mas é muito bom, e acompanhado com a rúcula, ficou divinal. E nada mais vos posso dizer, pois é daquelas iguarias que a foto fala por si mas o paladar ainda fala mais.


"Folhado de Queijo de Cabra" foi-nos servido quentinho, e foi o prato que despertou no João um prazer a comer, que mais um pouco, e ele pedia outro igual, mesmo já estando de barriga no culminar de uma explosão estomacal pois não é todos os dias que o João come algo que o faz sentir que está a comer uma peça de arte!
A combinação do folhado com o queijo de cabra pulvilhado com sementes de papoila (que o João até hoje insiste que seriam pepitas de chocolate) e a compota, deu em enorme destaque neste "prato" e um sabor de "comer e chorar por mais"!
Aliás, o João estava a comer e eu só o ouvia a dizer "esta junção de sabores é uma obra de arte!"


A finalizar este maravilhoso conjunto de pratos com tapas, foi servido "Fillet Mignon em bolo do caco" acompanhado por batata frita doce.
Apesar de não ser-mos de todo pessoas que apreciem carne bovina, gostámos da forma como a mesma foi confecionada no TOCA. Estava com um ótimo sabor e o grelhado no ponto.
Sobre a batata frita doce, nada acrescentar, estava ótima.



Para terminar este maravilhoso jantar que já ia longo, foi servido como sobremesa, o ilustre "Pão de ló de Ovar", quem não conhece? É O MELHOR Pão de Ló que existe em Portugal, e que algum dia irão provar.

Café e até uma próxima TOCA, Restaurante & Tapas.



E foi esta a publicação nesta sexta-f à noite, eu espero que tenham gostado desta minha partilha!
Peço desculpa pela fraca qualidade das fotos, mas não estava de todo a contar fazer post, mas perante uma experiência tão boa, tinha mesmo que ser.

Para Agosto, que é o mês do aniversário do João, será para repetir um jantar destes.

Até um próximo post.

Aqua Hotel, Ovar

21:01:00

Olá leitores, espero que se encontrem bem.

Ora, na publicação de hoje venho partilhar convosco a minha primeira experiência a dormir num Hotel.


O AquaHotel fica no centro de Ovar perto da Câmara Municipal e quase em frente à Biblioteca. É fácil de dar, e com ajuda do nosso amigo GPS, ainda melhor.

*dispõe de estacionamente, gratuito e privativo*

Primeiramente e a nível de cuidados tendo em atenção a altura em que vivemos: é obrigatório andar de máscara dentro do hotel, em todos os cantos do hotel e em todos os andares temos álcool gel para se ir desinfetando as mãos e, deve-se cumprir com a distância de segurança.
Neste aspeto, senti-me completamente segura no AquaHotel.


As pessoas são de uma enorme simpatia e super prestáveis.

Eu estava tão animada, como que de uma criança se estivesse a falar quando lhe oferecem algo que ela quer muito.
OK, muitas pessoas talvez não fossem ligar tanto ou dar tanta importância, pois não deixa de ser "uma noite" num hotel com pequeno almoço...mas tanto eu, como o João adorámos TUDO.

Curiosidade:Sabiam que Ovar é a cidade do Azulejo!


A decoração do quarto é minimalista, deixa-nos assim mais à vontade e aconchegados, mas pelo que vi no site, existem outros quartos com uma decoração mais típica e alusiva aos azulejos que dão "cara" a esta cidade.

O quarto onde eu e o João ficámos é composto por: casa de banho, ar condicionado, televisão, um pequeno frigorífico e um local para guardar os nossos pertences mais importantes, este último requer uma chave que deve ser adquirida na recepção.






Para entrar no quarto, foi-me entregue um cartão que abria a porta do quarto e a porta do Hotel, pois depois da 1h da manhã o mesmo teria as portas fechadas.
No check-in também me foi entregue a palavra pass do wi-fi do hotel, para podermos desfrutar e ir partilhando os nossos momentos nas nossas redes sociais.


Tanto eu como o João dormimos muito bem!
Eu pensei que fosse estranhar a cama, pois, "a minha cama é a minha cama", mas não!
Acordei cansada, pois tinha comido imenso ao jantar e para terminar a noite em grande, fomos a um bar que ficava perto do Hotel e do restaurante onde tinhamos ido jantar. Foi um sábado à noite fantástico.

Às 8h fomos tomar o pequeno-almoço.
Este é Buffet, contudo, com a pandemia, quem nos serve são as pessoas que trabalham nesta parte do Hotel.
A oferta para a primeira refeição do dia é grande, mas decidimos partilhar convosco apenas um pouco do que vos pode esperar:
Pão de sementes, ovos mexidos e bacon, e para beber, sumo de laranja natural.

No final do pequeno-almoço dei uma vista de olhos por aquela que me pareceu ser um espaço mais de laser, onde temos ao nosso dispor revistas, livros, uma televisão e o bar.





Foi uma experiência que quero/queremos voltar a repetir!

Obrigada AquaHotel pelo carinho com que me receberam a mim e ao meu marido.

E foi este o post desta quarta-feira, eu espero que tenham gostado de ler este meu testemunho sobre a minha primeira vez num hotel.
Até um próximo post.

[Fotos da autoria do João (João Baptista Fotografia) tiradas com o telemóvel)